julio
Publicado por
julio berne
em 11/07/2018

Descubra como usar as redes sociais a favor do seu escritório de advocacia

Está “dentro” ou “fora”

/admin/upload/34ebcf7df0d6edd2b947a88b9b6b4ed1.png

A essa altura, a maioria das pessoas está “dentro” ou “fora” quando se trata de redes sociais. Se você é uma das milhares de pessoas com uma conta pessoal no Facebook, Twitter, Instagram ou LinkedIn, talvez tenha se perguntado: devo ter também uma conta como advogado?

A resposta é simples: sim, você deveria! As mídias sociais permitem que você construa relacionamentos, projete sua personalidade e apresente sua marca pessoal. Além do que a presença nas mídias sociais como um advogado também pode ajudá-lo a se envolver com outros advogados, o que pode levar a referências.

Lembre-se todas as redes sociais são dignas de receber seus conteúdos jurídicos.

No Facebook e Linkedin seus post podem ser publicados na integra, já no Twitter, utilize um link para seu conteúdo postado em seu blog jurídico. No Instagram, aposte em imagens visualmente atraentes anexando um texto em suas publicações. A dica aqui é dar uma “dica” ou postar um mini post de até 150 palavras, é o indicado para uma leitura rápida no celular.

Mas quais redes sociais são mais interessantes para a advocacia?

O Facebook oferece muito espaço para você compartilhar conteúdos e ideias inteligentes e alcançar as pessoas de maneira casual e amigável. Uma tática simples para usar no Facebook é adicionar sua opinião profissional a uma notícia relevante. Lembre-se de ser sempre autêntico ao falar com seus seguidores!

O Twitter é como participar em uma conversa em curso. Isso exige que você seja breve e possa fazer seus comentários rapidamente, porém com uma perspectiva que chame a atenção para que os demais continuem a conversa. Esforce-se para se envolver no Twitter, mas tenha cuidado para não entrar em assuntos polêmicos.

O Instagram é uma nova alternativa para opinar, curtir e compartilhar. Tem a capacidade de romper limites e alcançar mais pessoas, por ser relativamente novo. A cada dia, mais brasileiros estão aderindo à rede. A dica aqui é usar seus seguidores do Facebook e convidá-los para o Instagram e não se esqueça de usar sempre recursos visuais para chamar atenção!

O LinkedIn oferece uma maneira fácil de construir sua rede e conectar-se diretamente ao mercado profissional, que pode ajudar você a atrair mais negócios, o que explica porque o LinkedIn é facilmente o mais recomendado das redes sociais profissionais para advogados. Neste espaço, tanto a sua postura como seu conteúdo devem demostrar seu profissionalismo.

As oportunidades que cada uma dessas redes podem oferecer ao marketing jurídico são grandes demais para serem ignoradas. Mas o seu sucesso dependerá da sua capacidade de andar na linha entre acessibilidade e profissionalismo.